segunda-feira, 31 de março de 2014

Google Social Commerce.

O E-Commerce é um termo conhecido e cada vez mais utilizados, existem até, lojas que funcionam apenas desta forma - com o comércio online. A integração das redes sociais em vendas online deve ser um aspecto a ter em atenção pelas empresas que praticam este tipo de comércio. Estudos demonstram que cerca de 80% da população segue opiniões alheias e é nisto que se baseia o Social Commerce, a junção entre as redes sociais e o e-commerce. Basicamente, o objectivo desta junção é a partilha de informação entre consumidores para que se possam partilhar ideias, opiniões e conselho de pessoas que já conheçam o produto\serviço em questão, por outro lado, isto dá a possibilidade de ter a sensação de estar ao vivo no espaço comercial. O que as empresas devem ter em conta é que caso um consumidor esteja descontente essa mensagem também vai chegar com mais facilidade aos restantes. 









João Barcelos nº27935




Guarda-Chuvas Viram Suporte Publicitário


A Normajean criou o serviço Taxibrella, um novo suporte de comunicação publicitária sob a forma de um ou vários guarda-chuvas gratuitos, de utilização comunitária e que podem ser personalizados pelas marcas.

A ideia surgiu a partir de um briefing da Bullzone, uma empresa de brindes publicitários sediada na LX Factory, em Lisboa. “O objectivo era comunicar a chegada da Bullzone às restantes empresas residentes, e o tipo de produtos que disponibiliza, onde se incluem os próprios guarda-chuvas. O resultado foi o Taxibrella”, explica a agência em nota de imprensa. “A Normajean ‘embrulhou’ o briefing numa nova marca que, para além de cumprir os objectivos da Bullzone, tem a capacidade de viver por si própria”, acrescenta.

Com a criação deste serviço, a Normajean pretende «apresentar novas formas de comunicação entre as marcas e os seus consumidores.

Por enquanto, este serviço apenas se encontra disponível nos estabelecimentos comerciais e empresas aderentes, sendo que a ideia é que os guarda-chuvas sejam re-utilizáveis.

20 frases para "nos fazermos à vida"!

Daqui a uns escassos meses, muitos de nós, vão para o mercado de trabalho, outros dar seguimento aos estudos. Mas numa coisa (acho) que todos estamos de acordo, queremos fazer a diferença neste mundo diabólico que nos encontramos. E para já prepara caminho, encontrei uma lista de frases do “News to live by”, um site que é dirigido para a nossa geração, que poderão ajudar a dar um nova rumo à nosso postura no mercado, basicamente “para nos fazermos à vida”.

1.      Um aperto de mão frouxo e contacto visual evasivo transmitem insegurança
2.      No início da carreira tanto pode ser enviado a Paris para assistir a uma conferência mundial do setor, como ter de fazer fotocópias para a reunião do departamento. Sorria nas duas situações.
3.      As felizes coincidências são um mito. Só com coragem e determinação poderá ser bem-sucedido.
4.      Se promete fazer uma coisa e não cumpre, perde a confiança dos outros. E será muito difícil reconquistá-la.
5.      Quando alguém pergunta "está tudo bem?" não quer saber dos seus problemas. Responda simplesmente "bem, obrigado" e siga.
6.      Ninguém tem tempo para nada. Por isso quando tiver de escolher entre dar uma resposta breve ou demorada, escolha a primeira, antes que fique a falar sozinho.
7.      Não há nada que o impeça de atingir os seus objetivos. O único obstáculo no caminho é você.
8.      Quem não está disposto a falhar, também não está disposto a ter sucesso.
9.      Se tem dificuldade em ser chamado para as entrevistas de emprego é provável que não esteja a ser capaz de marcar a diferença.
10.  Ninguém quer saber por que chegou atrasado ao emprego ou não conseguiu entregar um relatório no prazo. Cada um cuida dos seus problemas. Você não é diferente.
11.  Se vai a uma conferência para fazer contactos e fica parado à espera que alguém venha ter consigo, era melhor ter ficado em casa. E não se esqueça do aperto de mão firme.
12.  O crescimento profissional deve ser gerido como uma marca. Uma boa forma de o conseguir é criando um blogue, onde pode dar a conhecer outras facetas além das que revela na empresa.
13.  A maioria das pessoas de 24 anos passa praticamente despercebida nas empresas. Mas há outras cujos nomes chegam rapidamente ao diretor-geral. A diferença está na capacidade de iniciativa que umas têm e outras não.
14.  Cada vez é mais difícil conseguir o emprego dos seus sonhos. Ser um apaixonado por determinada área pode fazer a diferença. Demonstre-o.
15.  O mundo real não está interessado nas suas duas páginas de currículo. Responda apenas a isto: quais as suas competências mais relevantes?
16.  É difícil conseguir aprender alguma coisa quando só você fala. Fale menos e escute mais.
17.  Agarre as oportunidades que encontrar porque elas não passam muitas vezes.
18.  Não fale sobre o que é capaz. Mostre!
19.  Se disser "eu vou à luta para encontrar o que quero" e passar das palavras aos atos, ficará surpreendido com as portas que se vão abrir ao longo do caminho.

20.   A pergunta certa não é "Como é que este emprego pode melhorar o meu currículo?", mas sim "Como é que eu posso ser uma mais-valia para esta empresa?"

fonte: www.newstoliveby.net/

Do It For Denmark!

Parece-me a mim que arranjei uma agência para a viagem de finalistas, e que tal fazermos aqui umas sinergias!?


Ao que parece a agência de viagens Spies Rejser(dinamarquesa) arranjou solução através da campanha" Faça-o pela Dinamarca" para combater o decréscimo da taxa de natalidade, oferecendo aos seus clientes condições para que as viagens se tornem num "Baby Boom" além disto a empresa oferece 3 anos de produtos para o bebé, o mesmo carece de comprovação de concepção durante a viagem para que a empresa libere este serviço pós-venda.

Fonte:https://www.youtube.com/watch?v=vrO3TfJc9Qw

Serafim 29501

domingo, 30 de março de 2014

Heineken terá surpresas no Rock in Rio

A Heineken, marca patrocinadora oficial do Rock in Rio 2014, lançou uma campanha que irá proporcionar aos consumidores experiências no evento no Parque da Bela Vista.
Sob a assinatura “Heineken – Sobe ao Palco mais alto da Cidade do Rock”, a campanha consiste na oferta de mais de mil bilhetes para o evento, sendo necessário que os consumidores insiram os códigos presentes nos packs de cerveja da marca na nova plataforma digital Heineken StarClub.
Os consumidores premiados terão acesso ao Heineken Backstage Bar – em cada um dos dias 10 convidados Heineken têm a possibilidade de fazer um tour que termina no Palco Mundo – e ao Star Lounge onde poderão beber a cerveja da marca assim como aprender mais sobre ela, através do ritual Star Serve – um programa de cinco passos: rinse, pour, skim, check e serve. Poderá ainda ser obtido merchandising na Beer Shop a troco de pontos acumulados no Heineken StarClub. Para os mais aventureiros, existirá a possibilidade de uma descida de slide no evento.
A cada dia do festival existirá o Heineken Grand Finale, um happening onde todos os festivaleiros serão convidados a participar.
A marca terá ainda uma medida ecológica, desafiando a recolha e entrega de copos vazios no Heineken Green Rocks, onde, através da plataforma digital poderão ser trocados por pontos StarClub que irão reverter em diversos prémios.

Ângela Fernandes.

Quem quer voluntariar-se para medir a largura de banda na Europa?

As queixas com a velocidade da Internet são sempre muitas, e muitas vezes com razão. Um estudo da União Europeia com a SamKnows pretende fazer uma medição exata da situação. E pede a sua ajuda.




O objetivo do estudo da SamKnows é colocar 10 mil equipamentos de medição em casas de cidadãos europeus, avaliando a velocidade e disponibilidade do serviço. 
O estudo começou no ano passado e a avaliação estende-se a todos os 28 países da UE, decorrendo até novembro de 2014. Ainda está ativa a procura de candidatos que cumpram alguns requisitos definidos, nomeadamente a subscrição de um serviço de banda larga fixa.
A SamKnows envia a Whitebox e há instruções de instalação para quem quiser entrar no programa, mas vale a pena ler as obrigações associadas, e também as FAQ relacionadas com o funcionamento do sistema. Mas nem todos os que se inscrevem são selecionados para participar... 

sábado, 29 de março de 2014

As experiências Algarvias

Grande tem sido a batalha para promover o Turismo no nosso país, pois, apesar de ter sítios lindos e uma grande diversidade de paisagens, não se consegue alcançar os níveis desejáveis de turismo em Portugal.

O seguinte vídeo, de promoção do Algarve, é um excelente exemplo de não vender apenas um produto (destino turístico) mas sim uma experiência. Ao longo do filme promocional podemos ver algumas das regiões do Algarve, experiências para todos os gostos, e até mesmo as recomendações dos habitantes desta região.

Fonte: Youtube.com

Inês Costa 28797

O que os clubes portugueses de futebol andam a fazer no Facebook

A E.Life Portugal analisou recentemente a performance dos 10 clubes de futebol portugueses que com mais fãs na rede social Facebook. A análise revela que a página de Facebook do Sport Lisboa e Benfica é a que contabiliza maior número de fãs nesta rede social, com cerca de 1,7 milhões. A página do Benfica é também a mais activa com um total de 100 posts efectuados em apenas uma semana. O Benfica é de entre os 10 clubes portugueses com mais fãs o mais mencionado pelos internautas. No período da análise mais de 960 mil menções relativas ao clube da Luz, seguindo-se o FC Porto com 860 mil e o Sporting com 840 mil. Este estudo da E.Life mostra que a Académica é o “quarto grande” no que toca ao campeonato das redes sociais. Com mais de 75 mil fãs no Facebook, a Briosa deixa o Braga no quinto lugar, a mais de oito mil fãs de distância. Destaque, ainda, para o Beira-Mar que, apesar de militar no segundo escalão do futebol português, ocupa o nono lugar neste top 10.


Ricardo Lopes, Nº25262

"A sua estratégia de marketing é efectiva?"

Quer avaliar os resultados da sua estratégia de marketing no LinkedIn ?
O LinkedIn, passou a disponibilizar desde o dia 27, passada quinta-feira, duas novas ferramentas que auxiliam nesta tarefa: 
  • Content Marketing Store(CMS)- permite avaliar a efectividade dos conteúdos disponibilizados pela marca, isto é, a capacidade que a marca possui de envolver o público-alvo na plataforma. Como o faz? Analisa a página da marca, grupos, actualizações patrocinadas, actualizações de funcionários, mensagens influenciadoras, entre outras. As marcas podem comparar resultados com os concorrentes também, filtrando os resultados por região, idade da empresa, tamanho da empresa, indústria. Esta ferramenta destina-se essencialmente ao mercado B2B, neste caso aos profissionais de marketing deste mercado.

  • Trending Content - possibilita a identificação a criação de uma lista de tópicos populares entre os membros da rede. Assim, os responsáveis de marketing avaliam conteúdos a melhorar, de acordo com os tópicos que mais envolvem os consumidores.








Fontes de informação:

HONDA CRIA PUBLICIDADE ORIGINAL COM RECURSO À ILUSÃO DE ÓPTICA

Depois de vermos esta publicidade da Honda vão deixar de acreditar no que os seus olhos vêm. A marca Japonesa usa a ilusão de óptica para nos fazer acreditar no impossível.
E agora, ainda acreditas em tudo aquilo que vês?
André Carrola Nº22838

sexta-feira, 28 de março de 2014

O que Mel Gibson, o marketing e a psicologia reversa tem em comum

No ano de 2003, foi duro para o ator e diretor australiano Mel Gibson conseguir uma distribuidora para seu filme recém produzido "A Paixão de Cristo". O projeto ficou meses na gaveta e o próprio Gibson teve que desembolsar uma vultuosa quantia para viabilizar o longa. Todavia, o filme com orçamento de 25 milhões de dólares ( limitado, para os padrões de Hollywood) arrecadou aproximadamente 611 milhões de dólares, cerca de 2400% sobre o valor investido, um fenômeno que tem sua explicação na própria identidade adotada pelo filme. "A Paixão de Cristo" veio destinado a gerar polêmica. De um lado, acusavam Gibson de anti-semitismo, devido a suas declarações e devido as características dadas aos judeus no filme. Do outro, cristãos pediam que as pessoas não vissem o filme, pois haviam cenas fortes e brutais com a figura central do Cristianismo. Isso acabou gerando um efeito reverso. Quanto mais as pessoas ouviam dizer para não assistir o filme, mais elas desenvolviam a curiosidade em saber o que havia de tão chocante na produção. Desconsiderando tudo que diz respeito a questão ideológica de Gibson e a fé das pessoas, vamos falar de marketing. Terá sido a psicologia reversa a causadora de tamanha bilheteria? Mas por que isso não funciona com outros produtos? Se uma legião de pessoas grita: "Não coma esse biscoito" , você comeria? O fato é que aparentemente as pessoas tendem a buscar novas experiências e  inclusão social. Para quem não sabia o que há no filme, se aquela experiência incomodou tanta gente, então ela provoca alguma sensação, ainda que seja nova. Além do mais, assistir ao filme faria o público ter um conhecimento que as pessoas que não o assistiram não tem, "enriquecendo" seu valor social frente aos "desinformados" que não conheciam o conteúdo da produção. Além de tudo, essa experiência é controlada. A qualquer momento pode-se sair do cinema. Não se sabe se a produção do filme planejou essa repercussão ou se foi algo casual. O que se sabe é que, em termos de marketing, o filme foi muito bem sucedido, o que indica que algumas vezes, uma ajuda da psicologia e da opinião pública pode ser a solução de todos os problemas.

Barbour e Land Rover lançam linha de roupa




Barbour e Land Rover acabam de anunciar uma parceria no lançamento de uma coleção de roupa Outono- Inverno 2015.
A coleção que terá como nome “Barbour for Land Rover” resulta da de uma colaboração inédita entre as marcas, disponibilizando linhas para homens e mulheres.
Steve Buck, Managing Director da Barbour, assume a satisfação em torno da parceria com a empresa automóvel. Robin Colgan, Global Brand Director da Land Rover, rejubila com a colaboração entre duas marcas que apelam ao mesmo lifestyle.


Fonte: http://marketeer.pt/2014/03/27/barbour-e-land-rover-lancam-linha-de-roupa/
Inês Vilarinho; nº29424

quinta-feira, 27 de março de 2014

J&B muda a pensar no ambiente

J&B muda a pensar no ambiente
A Diageo, que é a empresa mundial de bebidas que detém a J&B, tem apostado numa política de preocupação ambiental. Recentemente reformulou a garrafa da J&B tornando-a mais ecológica graças ao novo formato que permitirá reduzir o seu peso, sendo agora 80 a 90 por cento reciclável.

Quanto ao peso, as alterações conferiram uma redução de 68 gramas no peso de cada garrafa, permitindo, em menos de um ano, economizar cerca de 3700 toneladas de vidro no fabrico das embalagens, juntamente com uma redução de 4500 toneladas de CO2.

É de realçar que a J&B é a garrafa de whisky mais vendida em Portugal.

http://marketeer.pt/2014/03/27/jb-muda-a-pensar-no-ambiente/

Nuno Barbosa nº 28468

Publicidades que valem a pena ser partilhados

Pela 4ª vez, a organização TED, escolheu 10 publicidades vídeo que valem a pena partilhar.
Este ano, a comissão eleita elegeu os reclames que tiveram mais inovação e pensamento inteligente.

"A seleção deste ano enriquece as vidas ao invés de romper com elas", disse Ronda Carnegie, representante do TED.

1. Obrigado, mãe
 Feito pela agência Wieden + Kennedy, o video ensina, segundo a TED, que os nossos erros apenas nos fazem mais fortes, além de nos lembrar da importância da coragem.


2. Um menino e o seu átomo
Para a IBM, este anúncio foi feito com átomos e obteve o recorde mundial para menor filme já produzido com a técnica do stop moticon.


3. Basketball
Criado para a marca de cerveja Guinness.


4. Clica, bebé, clica!
Este anúncio foi criado para a Adobe e mostra o que pode acontecer quando não damos a devida atenção às análises.


5. Laços familiares
Este vídeo foi feito pela agência Storybox Films, é uma história real de esperança e determinação.


6. Câmera Tímida
Este anúncio foi feito para Dove. Mais uma forma de encorajar as mulheres a assumir as suas próprias belezas.


7. Erros
Esta publicidade, foi feita para o órgão de transporte da Nova Zelândia, e mostra uma conversa entre dois homens sem tempo para reagir a um acidente capaz de mudar as suas vidas.



8. Dança Segura
Criado para a empresa aérea Virgin, este anúncio redefine os vídeos de segurança, entregando as informações de segurança para os passageiros.



9. Mãos
Feito para Honda, foi desenvolvido usando as mãos para celebrar a curiosidade dos engenheiros da Honda.


10. Vamos salvar a África!
Este video foi criado para o fundo internacional de ajuda aos estudantes e académicos da Noruega. A criação é da agência iKind Productions.

 

 Ana Rita Ponte
29767







Lipton lança Ice Tea concentrado

A Lipton lançou a sua nova versão de Ice Tea, em formato concentrado, com objectivos de poupança económica e ecológica.
Este lançamento está inserido na aposta estratégica da marca para o ano de 2014 que vê no formato concentrado uma forma de cativar o consumidor, garantindo que uma embalagem é capaz de produzir 20 copos de sumo.
«Acreditamos que Lipton Ice Tea Concentrados é um produto que responde às necessidades de poupança das famílias portuguesas e que se posiciona num segmento com amplo espaço para crescer», explica João Costa, Beverages Marketing Manager da Unilever Jerónimo Martins.
O formato concentrado permite «a redução significativa do número de embalagens utilizadas, o que se traduz numa poupança de recursos em toda a cadeia logística, desde matérias primas ao transporte”, garante o comunicado de imprensa.
O novo produto da Lipton está a ser comunicado em televisão com um filme de 15 segundos com a assinatura da agência Paulo Garcês Palha Design e Comunicação.

quarta-feira, 26 de março de 2014

Açores com melhor publicidade do ano

Já não é a primeira vez que os Açores surgem reconhecidos como destino turístico ao nível internacional. Foi eleito em 2011/2012 para o Top 10 dos melhores destinos a visitar peloNational Geographic, com direito a destaque no Sunday Telegraph como um dos 10 principais locais do mundo para a observação de Cetáceos, o Turismo dos Açores é agora premiado pela “Melhor Campanha Publicitária do Ano”, no The Travel Marketing Awards, com a campanha de posicionamento intitulada “Today We…”, direcionada para o mercado do Reino Unido, em 2013. Uma campanha que se destinou à imprensa, outdoors e meios digitais, com grande foco nos sites dos principais jornais ingleses, com o The Guardian, por exemplo, a apresentar um microsite de promoção à região.
A Associação de Turismo dos Açores, cujo orçamento de promoção ronda os 14 milhões de euros, procura comunicar uma oferta segmentada nas 9 ilhas, contando com apoios públicos e privados. Nos últimos anos tem sido feito um trabalho de reposicionamento, levando os Açores a serem percecionados como um destino ativo de experiências, abandonando uma imagem tradicional de lugar contemplativo.
Uma nova visão que conta com o empenho dos operadores locais para requalificar e ajustar os serviços a uma procura mais sofisticada dos mercados externos, com o objetivo de vencer também o desafio da sazonalidade, que passa por atrair grandes eventos nacionais e internacionais, e por identificar e potenciar outros motivos de interesse singulares. Exemplo disso, é o caso do Grupo BENSAUDE, que investiu recentemente na renovação do Hotel Terra Nostra, inserido no Parque Terra Nostra. Um dos mais belos jardins da Europa, que o Grupo tem vindo a enriquecer com variedades botânicas, tendo sido reconhecido como “Jardim de Camélias de Excelência” atribuído pela International Camellia Society, criando um potencial produto turístico, para os amantes deste tipo de natureza.
A região tem na companhia aérea SATA, um dos maiores embaixadores, a marca, reconhecida em 2011/2012 como a 3ª Melhor Companhia Aérea Regional da Europa pela Associação Europeia de Companhias Aéreas Regionais, há mais de 65 anos que leva o nome dos Açores ao mundo e traz o mundo aos Açores. O Grupo constituído por 5 empresas, que desenvolvem atividades ligadas ao transporte aéreo de passageiros e carga, está alinhado na sua estratégia de internacionalização com os mercados mais importantes para emissão de turistas para a região. A América do Norte, com os EUA e Canadá, representam os principais mercados e em 2014 têm um reforço das ligações, diárias para Boston, e 6 semanais para Toronto. Na Europa a marca quer aumentar as frequências nas várias cidades onde já aterra e abrir novas rotas em outros aeroportos de França e Espanha. Atualmente voa para 34 destinos regulares e liga mais de 80 destinos no Atlântico Norte, com voos entre continentes, arquipélagos e ilhas. A marca quer continuar a ser um exemplo da capacidade de adaptação dos Açores a um mundo competitivo e global, aposta na inovação e afirma estar na vanguarda de uma utilização inteligente das tecnologias de informação.
Para ver o vídeo completo, clicar no seguinte link:http://videos.sapo.pt/JSihbUCbzMNbeI0myzgQ
Ângela Fernandes.

Ray-Ban ajuda a produzir Google Glass

Objectivo é aproveitar o posicionamento da marca para generalizar o dispositivo produzido pela Google.


A Google e a italiana Luxottica - empresa que detém as marcas de óculos Ray-Ban e Oakley - estabeleceram uma parceria para melhorar o design e o posicionamento comercial dos Google Glass.

De acordo com a Bloomberg, o objectivo é potenciar a presença das marcas da Luxottica para generalizar o dispositivo produzido pela Google. A empresa baseada em Milão revelou ontem que está a constituir equipas focadas no design, desenvolvimento, concepção e fabrico de produtos específicas para este ‘gadget'.
A tecnologia Google Glass combina um pequeno ecrã, uma câmara e áudio num pequeno aparelho que é usado ao nível dos olhos, como se de uns óculos se tratasse.













Links úteis:
Google glass
Económico

Telma Monteiro nº27823






Super Bock apela à cerveja perfeita

No próximo dia 28 de Março às 22h00 no Bairro Alto, a Super Bock vai colocar à prova os apreciadores de cerveja.

O objetivo é encontrar os participantes que demonstrem a maior precisão no que diz respeito à relação espuma/cerveja.

Os vencedores terão acesso a uma festa privada com Rui Unas como anfitrião e Carolina Torres que ficará encarregue do som.


A Super Bock vai ainda apresentar o Sing a Beer, um mapa por GPS que fornece indicações para o bar onde decorrerá o evento. Mas este só será visível quando o utilizador cantar para o microfone a música da campanha da marca.


Diana Santos nº 29584

Facebook compra empresa de realidade virtual


A empresa em questão é a Oculus que se encontra a trabalhar no desenvolvimento de óculos de realidade virtual. A Oculus é uma startup americana recente que se iniciou no site de financiamento coletivo Kickstarter. Tinham como objetivo angariar 250 mil dólares mas conseguiram 2,4 milhões.

A compra feita foi por cerca de 2000 milhões de dólares, ou seja, 1400 milhões de euros, e serão pagos a maior parte por ações. Ambas as empresas explicaram o negócio previsto: no comunicado da Oculus, a empresa afirma que o objetivo é inovar e contratar os melhores e os mais inteligentes e que quer contribuir para um mundo mais aberto e ligado e que a realidade virtual será o próximo passo.

Mark Zuckerberg (presidente executivo do Facebook) foi mais concreto: “Depois dos jogos, vamos tornar a Oculus numa plataforma para muitas outras experiências. Imaginem apreciar um jogo num lugar na bancada do court, estudar numa sala de aula com alunos e professores de todo o mundo, ou ter uma consulta cara a cara com um médico – apenas pondo uns óculos em casa. Isto é mesmo uma nova plataforma de comunicação. Ao sentirmo-nos verdadeiramente presentes, podemos partilhar espaços e experiências sem limites com as pessoas da nossa vida. Imaginem partilhar não apenas momentos com os vossos amigos online, mas experiências e aventuras inteiras”.

Mas será esta nova plataforma de comunicação aceite por toda a comunidade? A realidade mais próxima que a maior parte de nós teve de realidade virtual foi nos filmes e esta nova plataforma será um passo enorme na sociedade. Ambos os lados poderão ser explorados pois é um avanço da tecnologia mas por outro lado estaremos dispostos a deixar de sair de casa para ir ao médico ou para partilhar experiências com os amigos? O “apenas pondo uns óculos em casa” poderá ter as suas consequências como o aumento do sedentarismo e da inatividade física.

Fonte: público.pt
 
Ana Henriques 29330
 

Pepsi e CR7 juntos na solidariedade


 Pepsi e CR7 juntos na solidariedade

 Depois da polémica que houve entre a Pepsi e o Cristiano Ronaldo, devido às imagens e frases polémicas do jogador, relativamente ao jogo decisivo de Novembro para o Mundial de Futebol, no Brasil, a marca e o jogador juntam-se agora no lançamento de uma edição de copos solidários. 
Esta iniciativa surgiu na conclusão do financiamento do projeto de construção das novas instalações da Casa dos Rapazes.
Os copos solidários têm um QR Code que remetem a uma aplicação da instituição, onde se obtêm mais informações sobre a causa e sobre o projeto, podendo assim contribuir com donativos para ajudar a equipar a nova habitação da Casa dos Rapazes.
Pretende-se com esta iniciativa dar a conhecer a causa a toda a população portuguesa.
Para ajudar, é preciso beber Pepsi na Pizza Hut, no KFC, nos Cinemas ZON Lusomundo, na Sogenave, na Eurest, na Pizza na Brasa, no Só Peso, na SUBWAY, entre outros pontos de venda.

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=678642 

Eliana Raposo, nº 29502

terça-feira, 25 de março de 2014

Pepsi cria lata inspirada no Lollapalooza

A Pepsi estampou na embalagem um logo do festival de música, este irá decorrer nos dias 5 e 6 de Abril no Autódromo de Interlagos, com atracções internacionais (New Order e Arcade Fire, Muse e Phoenix) e nacionais (Raimundos, Cone Diretoria, entre outras).

Esta embalagem tem como homenagem ao festival de música Lollapalooza. Na embalagem podemos encontrar o logótipo do evento e um novo design mais clean e moderno.
Fonte: http://www.mundodomarketing.com.br/ultimas-noticias/30231/pepsi-cria-lata-inspirada-no-lollapalooza.html

Ana Araújo nº28680

A DUREX DÁ UMA SUGESTÃO PARA A HORA DO PLANETA

O que é que uma marca de preservativos tem a ver com a Hora do Planeta que se vai realizar Sábado 29 de Março entre as 20:30 e as 21:30?
Bem, uma hora inteira de escuridão talvez seja o momento ideal para se “usar o produto”. 
A publicidade da Durex em conjunto com a WWF vai mais longe, incentivando os casais viciados na vida virtual, a além de desligarem as luzes, desligarem também os seus gadgets e smartphones para o que a vida oferece de interacção pessoal.
O slogan em inglês: Turn Off to Turn On (“desligue para ligar”), termina o vídeo com chave de ouro. 
Vale a pena ver.

Fonte: tafixe.com

André Carrola Nº22838


   
                                Zippy entra na Arménia

A Sonae já se encontra presente na Arménia depois de ter inaugurado uma loja Zippy, marca de vestuário infantil e puericultura, no país do sudeste asiático.
A nova loja tem uma área superior a 200m² e está localizada no centro comercial da cidade de Erevan, a capital do país, que conta com mais de um milhão de habitantes. A oferta disponibilizada é semelhante à de outros países mas foi pensada tendo em conta os Verões quentes e Invernos frios que se fazem sentir no país.
Este projecto insere-se na estratégia de expansão geográfica da Sonae, que aponta à entrada em novos mercados cujo dinamismo enconómico seja aliciante.
Para Miguel Seixas, administrador da Sonae SR, «a Sonae tem procurado explorar o potencial das suas marcas através da internacionalização, permitindo a famílias e parceiros em novos mercados e geografias beneficiar das vantagens e inovações dos produtos desenvolvidos em Portugal. Esta nova geografia da Zippy demonstra que a marca é capaz de cativar o interesse nos países mais variados, independentemente da sua dimensão ou cultura».
A entrada da Zippy na Arménia, país que em 2012 registou um crescimento de 7% no PIB, decorre no seguimento do acordo de franchising com o Grupo Fawaz Alhokair, da Arábia Saudita, que já permitiu a abertutra de lojas em países como o Azerbaijão e Cazaquistão. Com a abertura da loja na Arménia, a Sonae encontra-se agora presente em 17 países a nível mundial.


segunda-feira, 24 de março de 2014

Os Cartões Cliente já eram.

   Hoje abordo a temática de que me estou de verás a apaixonar, Marketing Relacional. Neste sentido venho vós dar a conhecer uma nova e correta forma de gerir os clientes.
Em forma de contextualização, a gestão de clientes por vezes é entendida como uma lista associada a um cartão com as seguintes informações: nome, localidade, telefone, por vezes e-mail e pouco mais, e as empresas não conseguem ver a potencialidade dessas informações, como as preferências desse cliente. As inúmeras vantagens que se podem retirar destas informações para melhor servir o cliente e aumentar o volume de compras e o nível de lealdade à empresa.
   Assim surgir o Loyty. Alfredo Costa Neto, 53 anos, criador da Loyty, diz “o namoro com o cliente vai muito além da inserção de novos nomes numa mailing list ou num excel com números de telefone. Repare: um cliente entra na sua loja e compra um dos seus produtos. Ao pagar, você pede-lhe um email, um número de telefone, o que seja, para o incluir na base de dados dos clientes. Depois, sem qualquer critério, de cada vez que quer comunicar as férias, as promoções ou qualquer outra novidade da loja, envia um email ou um sms a esse cliente. O que é que acontece? O mais provável é que o cliente, vendo que é só mais um entre muitos outros, decida pedir para ser retirado da mailing list.” E garante que um cliente fidelizado pelo sistema tende a comprar mais 37% do cabaz de compras do que um cliente comum.
   Isto na teórica é muito bonito, e depois na prática? Devem estar vocês a perguntar (e com toda a razão) e a enumerar uma série de questões relacionadas como a compatibilidade com os softwares já existentes ou a necessidade de comprar uns novos. Para responder a essas questões construíram uma plataforma aberta, ou seja, a possibilidade de que qualquer empresa, independentemente do software de gestão que possuísse anteriormente, pudesse ver respondidas as suas necessidades através da Loyty
   O Loyty desenvolveu também um conceito de premiar o cliente com benefícios direcionados a cada um através das suas compras e preferências e, ao mesmo tempo, reforça a comunicação e torna-a sistematizada. “Cria quase uma relação um para um com o cliente”.
   Para qualquer empresa ter acesso ao software da Loyty tem uma mensalidade desde 50 euros. E o criador garante que, com a ferramenta, as empresas veem resultados quase imediatos. Em três meses, por exemplo, a Seaside aumentou 150 mil cartões de cliente o que significou uma faturação de 100 mil euros.



fonte: http://www.dinheirovivo.pt/Faz/Artigo/CIECO324725.html?page=3

Inbound Marketing VS Outbound Marketing

Encontrar ou ser encontrado? Os mercados e os seus consumidores mudam a cada dia que passa. As marcas tinham como preocupação chegar aos seus targets (Outbound Marketing ou Marketing Tradicional) e faziam-no de todas as formas possíveis, os mails, os pop-ups, anúncios nos meios tradicionais, uma interrupção constante. Hoje em dia, as coisas estão a mudar e as marcas fazem de tudo para que sejamos nós a encontrá-las (Inbound Marketing). Tudo feito através de mecanismos eficientes que tornam os nossos conteúdos mais "visíveis" como é o caso do SEO (Search Engine Optimization), a maior batalha para a maioria das marcas. Este infograma explica alguma das diferenças entre ambos.





João Barcelos nº27935

Não te deixes enganar!

Não te deixes enganar... conhecer os produtos/serviços é de facto importante.. Não ler as letrinhas pequeninas do contrato..gostar de novidades... dá nisto:


Neste caso até correu bem temos cliente satisfeito!

Fonte:https://www.youtube.com/watch?v=Au9JC-w0rfI

Serafim 29501

domingo, 23 de março de 2014

E se criasse para o intervalo da Super Bowl?

Sob o mote “Já temos o Super Bowl. Só faltam mesmo os anúncios!”, a MOP – Multimedia Outdoors Portugal lançou a campanha para a edição deste ano da competição Young Lions (da qual a Marketeer é parceira), que convida os jovens criativos portugueses a aspirarem ao espaço comercial mais caro do mundo, o intervalo do Super Bowl.
A campanha, que conta com a criatividade da BBDO Portugal, pretende incentivar os jovens criativos portugueses a participarem na competição Young Lions 2014, cujas  inscrições decorrem até 8 de Abril.
As protagonistas do filme publicitário são equipas portuguesas de futebol americano, como os Lisboa Devils ou os Paredes Lumberjacks. “O vídeo da campanha mostra imagens destas equipas de futebol americano e a forma como são semelhantes às equipas norte-americanas em imagem e ambição. Contudo, os intervalos dos jogos não têm o mesmo peso do intervalo da competição norte-americana [a Super Bowl]. Aquilo que lhes falta são os anúncios!”, explica a MOP em nota de imprensa.
«Esta campanha, quer mostrar que não há muito a separar-nos dos centros de excelência e criatividade mundiais, como comprovam os criativos portugueses a destacar-se a nível internacional. Não há falta de talento. Mas há que investir e incentivar a ambição. Por isso mesmo, a campanha convida a pensar em grande, já que o intervalo do Super Bowl não está assim tão distante como nos parece», sublinha Leandro Alvarez, chairman e chief creative officer da BBDO.
Recorde-se que a competição Young Lions 2014 se insere no 61º Festival Internacional de Criatividade Cannes Lions, representado em Portugal pela MOP, que este ano se realiza entre 15 e 21 de Junho.

Veja aqui o filme da campanha:


Ângela Fernandes.

Os logótipos das tecnológicas e as emoções que provocam

Há logótipos tão poderosos que nem sequer precisam de ter nome associado para serem reconhecidos, como acontece com algumas marcas tecnológicas. Como podem estas pequenas obras de arte inspirar tal familiaridade global? Uma nova infografia explica.

Da análise feita resulta a conclusão que de "pequenos e triviais" os logotipos têm muito pouco. As emoções que suscitam e o valor financeiro que são capazes de gerar fazem com que a sua conceção seja pensada ao mais ínfimo pormenor. 

É isso que é mostrado na infografia criada pela FinancesOnline, onde surgem factos interessantes sobre a cor, valor e evolução dos logos mais reconhecidos em todo o mundo, entre eles vários tecnológicos. 

Veja a infografia da FinancesOnline completa. 

Sabia, por exemplo, que quando ainda não sonhava vir a ser uma gigante das tecnologias, a Nokia tinha como logo um peixe? No caso da Apple, a maçã sempre existiu, mas no início vinha "acompanhada" de Isaac Newton. 

E se há logótipos que custaram uma fortuna, outros saíram a custo zero, como o da Microsoft e o da Google, ou custaram muito pouco, como é o caso dos 15 dólares pagos pelo popular pássaro do Twitter. 




sábado, 22 de março de 2014

Criatividade no SXSW

SXSW, festival que reúne músicacinematecnologia e inovação, não se destaca só nestes aspectos. Quando se tratam de acções de marketing o festival também dá que falar. 
Pessoas do mundo inteiro participaram neste espectáculo, que foi realizado em Austin, Texas, Estados Unidos, e tiveram oportunidade de presenciar as acções de diversas marcas que não se descuidaram na criatividade.
Exemplos de Acções:

Oreo
A Oreo montou uma máquina, em parceria com o Twitter, que imprimia biscoitos em 3D à escolha do cliente.

Doritos
PepsiCo levou ninguém menos do que Lady Gaga para o SXSW, como uma acção de marketing para o salgadinho Doritos.

Com o intuito de aumentar a interação com o público, a marca seguiu a estratégia do ano anterior e usou o Twitter ao seu favor. Dessa vez, os seguidores deveriam aceitar alguns “desafios ousados” para ter a oportunidade de assistir ao show da Lady Gaga, que foi aberto apenas para convidados.
Além disso, a marca levou a máquina – interativa - de Doritos ao evento, que, assim como a da Oreo, funcionava a partir de tuítes dos participantes.

HBO

O canal de televisão HBO também desenvolveu uma estratégia para aproximar o público da sua marca. Em especial para os fãs da série “Game of Thrones”.
A marca preparou uma exposição imersiva do “Game of Thrones” aberta a todos os participantes do SXSW. Com cerca de 100 objetos, a exposição pretendeu transportar os fãs da série para o mundo onde os personagens vivem.

NBC

Outro canal de televisão presente no evento foi o NBC. Para divulgar o programa de comédia “Late Night with Seth Meyers”, a marca distribuiu hambúrgueres aos participantes do evento, por meio de um caminhão.
Além disso, o NBC firmou parceria com o programa oficial de aluguel de bicicletas do SXSW para proporcionar passeios livres e promover a hashtag #SethXSW.

Subway

A marca de lanches Subway também apostou na interatividade com o público e criou algumas estratégias para se aproximar dele.
Com espaços e caminhões destinados aos “esfomeados”, a marca desenvolveu uma espécie de “jogo mental" para deixar as pessoas com mais fome. Nele, os funcionários da rede de fast food colocavam monitores cerebrais nos participantes e pediam para que eles pensassem em como seria um determinado produto da marca. O pensamento mais inusitado ganhava mimos.
Aos que já trabalharam com o apetite no jogo, o Subway desenvolveu o horário “snack”. O público deslocava-se a um caminhão com produtos da marca, onde poderiam ganhar brindes e presenciar novas acções, como o design de roupas com embalagens da marca.

Inês Costa nº28797
Fonte: Exame.com