quinta-feira, 6 de março de 2014

Android alcança liderança nos tablets


No ano passado, e pela primeira vez, os tablets equipados com o sistema operativo Android ultrapassaram as vendas do iPad, fabricado pela Apple, revelam os dados da consultora Gartner.
Segundo a mesma fonte, em 2013 as vendas de tablets Android (o sistema operativo móvel desenvolvido pela Google) aumentaram 127%, para 120,9 milhões de unidades comercializadas em todo o mundo, o que equivale a uma quota de mercado de 61,9%. Já a Apple vendeu 70,4 milhões de iPads, registando uma quota de 36%.
Em 2012, o domínio no mercado dos tablets, do ponto de vista do sistema operativo, ainda pertencia à Apple. A empresa da maçã representava 52,8% das vendas mundiais com o iOS, contra uma quota conjunta de 45,8% das fabricantes que utilizam o sistema operativo Android (como é o caso da Samsung, LG, Asus e Sony, entre muitas outras).
«Em 2013, os tablets tornaram-se um fenómeno mainstream, com uma vasta oferta de tablets baseados no Android a estarem dentro do orçamento da maioria dos consumidores, sem deixarem de oferecer as funcionalidades adequadas», sublinha Roberto Cozza, director de pesquisa da Gartner. Segundo a consultora, as vendas de tablets cresceram 145% nos mercados emergentes e 31% nos mercados maduros.
No que diz respeito às vendas por fabricante, a Apple continua na liderança, mas perdeu terreno face às suas principais concorrentes. Em segundo lugar surge a sul-coreana Samsung, que quadriplicou as vendas de tablets, para 37 milhões de dispositivos comercializados, o que lhe permitiu aumentar a quota de mercado de 7,4 para 19,1% no espaço de apenas um ano. A fechar o top 5 estão a Asus (5,6%), a Amazon (4,8%) e a Lenovo (3,3%).

Enviar um comentário