domingo, 12 de junho de 2016

Como vão ser os restaurantes McDonald’s no futuro?



A insígnia norte-americana McDonald’s tem vindo a introduzir, ao longo do último ano, o serviço de mesa em alguns dos restaurantes (13), especialmente na zona da Grande Lisboa, com recurso aos terminais digitais implementados e que permitem ao consumidor escolher a sua refeição num ecrã táctil e esperar nas mesas pelo serviço. Este é um dos eixos centrais daquilo a que a empresa chama de “restaurante do futuro” para os espaços McDonald’s, que incluiem ainda wi-fi gratuito, tablets e mesas interactivas com jogos para crianças. “Queremos o serviço de mesa mais rápido do mundo”, aponta Jorge Ferraz, director-geral da empresa no mercado português, adiantando que o objectivo passa por, em breve, “alargar este serviço à grande maioria dos restaurantes do nosso país”. A cobertura deverá chegar a metade do mercado português já em 2017.
McDonald's Campo Grande_CreditosMcDonald'sPortugal_02
De acordo com dados avançados por Estélio Sequeira, director de operações, relativos a Abril, os quiosques digitais são já utilizados por 45,1 por cento dos consumidores dos restaurantes que já dispõem do serviço quando, em 2014, eram utilizados por apenas 21 por cento dos clientes. Actualmente, estes terminais permitem o pagamento através de multibanco. Questionado sobre a introdução de pagamentos através de smartphone, o responsável não descarta a hipótese, que pode ser implementada a médio prazo. Jorge Ferraz adianta ainda, para breve, a possibilidade de escolher a refeição, tal como nestes terminais, através de uma app mobile antes de chegar ao restaurante.
Outra inovação que, revela o director-geral, deverá iniciar a fase de testes no próximo ano é a possibilidade de personalizar os hambúrgueres sem base pré-definida, deixando ao cliente a criação do seu próprio hambúrguer, inclusivamente com ingredientes exclusivos que não constam das propostas já existentes no menu.
8 de Junho de 2016
Fonte:  http://www.meiosepublicidade.pt/2016/06/como-vao-ser-os-restaurantes-mcdonalds-no-futuro/

Enviar um comentário