quarta-feira, 18 de maio de 2016

Está na hora de largar a chupeta

A Comissão de Tabagismo da Sociedade Portuguesa de Pneumologia apela aos jovens para largarem a “chupeta”, entenda-se o cigarro, a propósito do dia Mundial Sem Tabaco, que se assinala no próximo dia 30.
“Larga a chupeta. Fumar é ridículo” é o mote da campanha que pretende que os jovens fumadores coloquem um fim aos seus hábitos tabágicos. De acordo com dados divulgados pela Direcção Geral de Saúde, o número de jovens fumadores dos 15 aos 24 anos diminuiu entre 2005/2006 e 2014, embora haja um aumento da iniciação do consumo.
«Sabe-se que a maior parte dos jovens inicia o consumo por curiosidade e influência de amigos ou de grupos. Trata-se de uma forma de afirmação e integração em grupos que se querem evidenciar pela ousadia ou rebeldia de fumar. A campanha deste ano não faz mais que ridicularizar o acto de fumar, incutindo nos jovens uma postura de afirmação positiva dizendo não ao tabaco», explica José Pedro Boléo-Tomé, coordenador da Comissão de Tabagismo da Sociedade Portuguesa de Pneumologia. O responsável acrescenta que é necessário dar mais atenção aos jovens em idade escolar, pois a iniciação tabágica ocorre entre o 7.º e o 9.º ano. «No 7.º ano, cerca de 70 a 80% dos jovens nunca fumaram um cigarro, uma percentagem que baixa para os 40% no 9.º ano», vinca o coordenador.
À iniciativa junta-se o Corpo Nacional de Escutas (CNE) que almeja envolver grande parte dos 72.500 membros deste movimento juvenil. Para Norberto Correia, Chefe Nacional do CNE, «a luta contra o tabagismo é um dever de todos nós, cidadãos. É algo que deve ser encarado como um investimento na formação e qualidade de vida dos jovens de hoje, assim como das gerações futuras».
Fonte: Marketeer

Enviar um comentário