quarta-feira, 16 de março de 2016

Portugueses são os mais obcecados pelas promoções

Sabia que 40% dos lares portugueses representam 78% das vendas em promoções? Com o crescimento dos descontos imediatos nos preços, Portugal é atualmente, o país da União Europeia que tem o maior nível de promoções.
Esta foi uma das conclusões apresentadas hoje pela Nielsen, a consultora divulgou hoje aquelas que considera que serão as tendências de grande consumo para 2016. Numa apresentação conduzida por Vítor Amaral, diretor de clientes e serviços da Nielsen, foram apresentados dados relativos à atual situação de mercado.
A apresentação concluiu que em 2016, entre outras tendências, as promoções continuarão a ser um dos motores do mercado, mas no entanto, Vítor Amaral explica que é necessário otimizar e reforçar Brand Equity para gerar incremento na categoria. O mesmo responsável acrescentou que nos últimos 5 anos a intensidade promocional duplicou em Portugal.
Para 2016, a Nielsen adiantou que existem boas perspetivas de crescimento para o retalho alimentar e para o canal Horeca. Fidelizar os consumidores pela experiência de loja é também algo em que as marcas de retalho deverão apostar para este ano.
A preocupação dos consumidores por uma vida mais saudável também se tem refletido no mercado: 50% da população europeia está a procurar perder peso e mais de 30% dos consumidores a nível mundial gostariam de ter mais oferta de produtos saudáveis e naturais.

Enviar um comentário