quarta-feira, 6 de abril de 2016

Publicidade Nativa vai dominar plataformas móveis


No prazo de quatro anos, a publicidade nativa deverá corresponder a dois terços (63,2%) de todos os anúncios mobile, somando um investimento publicitário de 53 mil milhões de dólares (46,8 mil milhões de euros). Um estudo da IHS Technology, com base na Audience Network do Facebook, revela ainda que existem dois tipos de anúncios nativos e que ambos devem ser considerados.
O primeiro, descrito como o modelo inicial, pode ser encontrado em aplicações como o Facebook e Instagram e continuará a ser o grande gerador de receitas, prevê a IHS. O segundo, que diz respeito a anúncios nativos criados por parceiros externos como o Audience Network do Facebook, registará um crescimento acelerado.
O mesmo estudo indica que este segundo tipo de anúncios nativos deverá ser responsável por 10,6% de todos os anúncios mobile, somando 8,9 mil milhões de dólares (7,8 mil milhões de euros).O seu ritmo de crescimento deverá ser de 70,7% ao ano.
Quanto à relação dos consumidores com a publicidade nativa em geral, a IHS afirma que o envolvimento dos mesmos com este género de anúncios é entre 20% e 60% superior face a banners. “O nativo tem menos probabilidades de ser maçador e cansativo para o público, gerando maiores taxas de recordação (três vezes superiores),  CPMs (duas vezes superior) e taxas de cliques”, refere o estudo.
Para chegar a estas previsões, a IHS entrevistou editores, fabricantes de jogos e aplicações, associações comerciais, agências, serviços musicais, redes de anúncios e fornecedores de tecnologia de 25 países.

Fonte: Marketeer

Enviar um comentário