sexta-feira, 1 de abril de 2016

5 conselhos para ser rei no comércio online

5 conselhos para ser rei no comércio online

Vender numa plataforma online não significa apenas colocar lá os produtos à disposição dos consumidores e esperar. Nesse sentido, o KuantoKusta sugere cinco dias para sobreviver ao e-commerce, partindo do facto de que, hoje, oito em cada 10 portugueses estão online e que 74% prefere a Internet quando é hora de comparar produtos.
1 – Apostar numa versão mobile friendly. Em Portugal, 41% dos consumidores ainda encontra problemas nas páginas mobile dos comerciantes e 21% acaba por desistir e procurar uma alternativa. Posto isto, é urgente investir em versões mobile das plataformas de e-commerce para que os produtos estejam acessíveis a partir de qualquer dispositivo.
2 – Apostar num carrinho de compras com poucos passos. Sobreviver ao comércio electrónico passa também por não desencorajar o cliente, algo que acontece quando o processo de compra obriga a vários passos. Um site simples, intuitivo e funcional é o ideal.
3 – Criar fichas de produto com informação clara. A informação quer-se transparente e de fácil compreensão, diz o KuantoKusta, lembrando que esta é uma das melhores formas para conquistar a confiança dos consumidores.
4 – Evitar excesso de técnicas intrusivas. Os bloqueadores de anúncios estão cada vez mais presentes na mente dos consumidores e tal não é por acaso. É, por isso, aconselhável que não sejam utilizados pop-ups ou banners publicitários, entre outras técnicas de Marketing que sejam susceptíveis de incomodar os consumidores.
5 – Ser claro no preço final a pagar. Por fim, as marcas devem ser claras relativamente aos métodos de pagamentos e eventuais custos extra, como o IVA ou portes de envio.

Enviar um comentário