terça-feira, 12 de abril de 2016

Google financia projectos para pessoas com incapacidades


Google financia projectos para pessoas com incapacidades
A Google está a financiar 30 organizações não-governamentais (ONG) e os seus projectos de áreas tão diferentes como emprego e educação, comunicação e mobilidade. Em comum, todos eles têm como finalidade contribuir para a melhoria da vida de pessoas com algum tipo de incapacidade.
Ao todo, a tecnológica tem disponíveis 20 milhões de dólares (17,5 milhões de euros) para financiamento através do Fundo Global Google Impact Challenge Disabilities. As ONGs seleccionadas partiram de uma competição lançada no ano passado e que desafiava as mesmas a criarem tecnologias transformadoras para o público-alvo do fundo. O balanço final contou com mais de mil participações de 88 países.
Dos 30 projectos seleccionados, a Google destaca em comunicado cinco deles. O primeiro, desenvolvido pela Motivation UK, utiliza a impressão 3D para testar aparelhos de apoio à postura personalizados para pessoas em cadeira de rodas. Segue-se o Majicast, projecto da ProPortion que consiste em produzir encaixes protéticos em países em vias de desenvolvimento.
A Wheelmap, por seu turno, está interessada em reunir na mesma plataforma todas as informações necessárias sobre os locais públicos para que as pessoas com mobilidade reduzida possam planear o seu dia-a-dia. No caso da Beit Issie Shapiro e da Tom, o objectivo é multiplicar o projecto Makeathon, que junta fabricantes e pessoas com incapacidades para estudar soluções adaptadas.
Por fim, a Fundação da África do Sul para pessoas com deficiência (SAFOOD) está a trabalhar com a Universidade de Washignton e com a AfriNEAD para estabelecer o AT-Info-Map. Trata-se de um sistema de que irá mapear a localização e disponibilidade da tecnologia de apoio na África Subsaariana.

Enviar um comentário