quinta-feira, 14 de abril de 2016

Heineken ajuda espanhóis a sair mais cedo do trabalho


Estudos citados pela Heineken indicam que os trabalhadores espanhóis saem duas horas mais tarde dos escritórios do que os restantes europeus. Mais: há uma regra publicamente aceite, ainda que não esteja escrita em lado nenhum, que dita que ninguém sai do escritório antes do chefe. Isto pode ser um problema especialmente para quem quer assistir aos jogos da Liga dos Campeões.
A solução chega pelas mãos dos profissionais da Heineken. A marca de cerveja lançou uma campanha, assinada pela Leo Burnett, Starcom Mediavest Group e NTeam, que obrigou os chefes a saírem mais cedo, possibilitando que também os empregados pudessem ir embora e aproveitar para ver os jogos de futebol.
Como? A Heineken convidou directores de empresas como Sony Mobile, Liberty Seguros e Remax, entre outras, para uma gala de prémios falsa, sem que estes soubessem que assim era. Ao todo, 130 chefes foram transformados em “Un Jefe de Champions”. No local da suposta entrega de prémios estava, na verdade, um ecrã preparado para transmitir o jogo.
Mas a campanha não se fica por aqui. Quem quiser tentar a sua sorte e sair mais cedo do trabalho em dia de Liga dos Campeões, pode inscrever os seus superiores na plataforma criada pela Heineken.


Enviar um comentário