segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

ESTUDO: MARKETEERS INVESTEM MAIS EM SOCIAL MEDIA APESAR DE A MAIORIA NÃO CONSEGUIR COMPROVAR RETORNO

Apenas cerca de um em cada 10 marketeers afirma conseguir comprovar o impacto quantitativo do investimento que faz em social media, de acordo com um estudo. A conclusão consta do CMO Survey, um estudo bianual apresentado esta semana pela American Marketing Association em parceria com a Duke University’s Fuqua School of Business e a Deloitte, segundo o qual, apesar de o investimento em social media continuar a subir, sendo esperado que mantenha essa subida nos próximos cinco anos, a maioria dos marketeers não consegue comprovar o retorno desse investimento.
Ainda assim, o estudo, que tem por base respostas de 289 directores de marketing no mercado norte-americano, revela que o social media representa actualmente 10,6% no orçamento de marketing total e que esse peso deverá saltar para os 20,9% nos próximos cinco anos. Há cinco anos atrás, o investimento em redes sociais correspondia a apenas 5,6% dos orçamentos. No entanto, o estudo mostra que, apesar deste aumento, 47,9% dos marketeers dizem não ter conseguido mostrar o impacto que esse investimento teve no seu negócio e outros 40% referem apenas que tem “uma noção qualitativa” do impacto.
Nas palavras de Christine Moorman, responsável do estudo, o investimento em social media continua a aumentar porque os marketeers tem noção da sua importância para interagir directamente com os consumidores. Mas o investimento está a ser direccionado para áreas muito específicas, com 62,6% das empresas a apostarem sobretudo na criação de conteúdos e 43,6% em analytics.

Adicionar legenda

Enviar um comentário