sexta-feira, 3 de abril de 2015

Mercado publicitário deverá crescer 4,4% este ano

http://marketeer.pt/2015/04/01/mercado-publicitario-global-devera-crescer-44-este-ano/





A Zenith Optimedia reviu em baixa as suas previsões de investimento publicitário mundial para este ano, devido à instabilidade na Europa de Leste e ao abrandamento do investimento no mercado chinês. A agência de meios, que integra o Grupo Publicis, espera um crescimento de 4,4% no investimento mundial em publicidade, alcançando os 544 mil milhões de dólares (506 mil milhões de euros), quando a anterior previsão apontava para uma subida de 4,9%.
A empresa prevê que o investimento publicitário na Europa de Leste caia abruptamente este ano devido ao conflito na Ucrânia e ao impacto das sanções económicas e do desinvestimento internacional na Rússia. Para além disso, o abrandamento da economia chinesa deverá ter impacto no mercado publicitário. As projecções da Zenith Optimedia apontam para um crescimento de 9,1% do mercado publicitário chinês este ano, abaixo da taxa média de crescimento de 10,5% nos últimos cinco anos.
Apesar de tudo, a agência mantém, pois, boas perspectivas de evolução do mercado publicitário global. Uma evolução que será impulsionada pelo mercado mobile, que tem crescido rapidamente devido “à explosão do consumo de vídeo nas plataformas móveis e à difusão de equipamentos com ligação à Internet, como as smart TV e consolas de jogos. Os smartphones têm ecrãs maiores e melhores, e tecnologias como o 4G melhoraram a velocidade de ligação”, explica a ZenithOptimedia.
De resto, a distribuição do investimento deverá ser feita com maior foco no móvel em detrimento do papel. A publicidade em plataformas móveis, como smartphones e tablets, terá um crescimento anual a rondar os 39,8% durante os anos de 2014 e 2017. Já os jornais e revistas sofrerão uma descida do investimento em cerca de 5,8 mil milhões e 2,5 mil milhões de euros, respectivamente.
A empresa calcula que, para o próximo ano, os eventos de grande importância, como os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e as eleições presidenciais norte-americanas gerem um aumento de 5,3% no investimento publicitário, o que contrasta com as anteriores previsões de 5,6%. Já para 2017, prevê que o crescimento seja menor (4,8%), por não estarem programados eventos relevantes à escala mundial.
A Zenith Optimedia realça que os valores previstos, mesmo tendo em conta a redução agora aplicada, são superiores aos do crescimento médio anual verificado nos últimos 10 anos, a rondar os 2,8%.

Enviar um comentário