sexta-feira, 16 de março de 2012

Sem-abrigo transformados em "hotspots" wi-fi causam polémica no festival South by Southwest

Agência publicitária fez de sem-abrigo postos distribuidores de internet. Medida tem causado polémica e projeto foi encerrado.




O festival South by Southwest, a decorrer em Austin, no Texas, tem sido marcado por uma polémica fora do âmbito musical.

Segundo a imprensa internacional, uma agência publicitária transformou vários sem-abrigos da cidade em "hotspots" de wi-fi.

A campanha chamava-se "Homeless Hotspots" e consistia na possibilidade de os espetadores do festival usarem a ligação à rede providenciada pelos sem-abrigo (identificáveis através de t-shirts que dizem "Eu sou um hotspot de 4G"), e remunerarem a pessoa por esse serviço.

Citado pelo site Daily News, Luke Scheybeler, perito em marcas, considera esta campanha uma ideia "distópica, vergonhosa, odiosa, paternalista e desumanizante".

A marca por detrás da campanha, contudo, defende propósitos "de caridade", uma vez que o uso de wi-fi geraria uma remuneração ao sem-abrigo. A ideia é comparada pelos seus criadores à venda de jornais e revistas por sem-abrigos. "Acreditamos que estas pessoas vão receber mais dinheiro por um serviço digital do que por uma publicação impressa", afirmou um responsável da BBH.

Veja aqui um vídeo da campanha, entretanto terminada, em que um sem-abrigo veste uma t-shirt onde se pode ler "sou o Clarence, um hotspot 4G".



Fonte: Blitz
29461- João Clemente

Enviar um comentário